quem somos

Luciana Burlamaqui

Sócia-Diretora/Produtora-Executiva/Roteirista/Câmera/Editora

Documentarista, cineasta, roteirista, editora, diretora, câmera e jornalista formada pela PUC-SP (92), especializada na cobertura de temáticas sociais há mais de 30 anos.

Trabalhou como repórter na mídia impressa no Brasil (Folha de São Paulo, e Agência Estado); correspondente do Jornal do Brasil e da Agência Estado em Nova York; repórter de programas exibidos na TV Record, SBT (Goulart de Andrade), CNT, TV Cultura, TV Senac (atual TV Sesc) e Canal 21/Band. Colaborou nas pesquisas, entrevistas e investigação como repórter especial do livro “Rota 66, a História da Polícia que Mata, do jornalista Caco Barcellos.

 

Câmera, diretora e editora nos Estados Unidos da Downtown Community Television Center (DCTV); produtora associada e coordenadora de produção da PBS/Channel 13(Nova York); produtora de documentários para a produtora inglesa Television Trust for The Environment (TVE) ao longo de 14 anos e para produtora francesa Article Z, exibidos na BBC World e na TV ARTE (França).

Produziu, roteirizou, dirigiu, gravou e editou os média-metragens registrados na Ancine: “Three Dollars and a Token (1996), exibição no Manhatann Neighbourhood Network (NYC-USA), CPB No: 5002423 e “Grand Central Station” (1996), exibição no Manhatann Neighbourhood Network (NYC- USA), CPB No: 5002424, Produziu, roteirizou, dirigiu e co-editou o media-metragem “Sangue e Bollo Pullman” (1992), com exibição no Festival Vídeo Brasil (Mostra Informativa) e SBT (Programa Goulart de Andrade) que teve  audiência de 12 pontos,  com registro na Ancine sob o CPB No: 5002422.

 

Produziu, gravou, roteirizou e dirigiu o longa-metragem documental Entre a Luz e a Sombra (150 min) sobre a prevenção à violência e o sistema prisional brasileiro, lançado comercialmente no cinema pela VideoFilmes em novembro de 2009.

 

O filme participou de mais de 25 festivais e mostras dentro do Brasil e em 16 países, onde recebeu os seguintes prêmios:  Melhor Documentário eleito pelo público e Menção Especial do Júri no 17o Festival Internacional de Cinema de Biarritz (França); Melhor Longa-Metragem eleito pelo público na 4a Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul realizada em 16 capitais brasileiras (Brasil); Melhor Documentário Longa-Metragem Ibero- Americano pelo Júri no 25o Festival Internacional de Cine em Guadalajara (México). Em 2010 o filme foi licenciado para o Ministério da Educação e chegou a 75 mil escolas públicas brasileiras (30 milhões de alunos e um milhão de professores).

 

No ano de 2013, Entre a Luz e a Sombra foi apresentado em escolas, comunidades e universidades em Hong Kong, através do festival itinerante CNEX Documentary Film Festival para discutir os desafios políticos, sociais, locais e globais.

 

O filme também integra os livros do crítico de cinema latino americano da Universidade de Stanford, Jorge Ruffinelli: “América Latina em 130 documentários”, lançado em novembro de 2012 no Chile e do crítico de cinema Carlos Alberto Mattos  “Cinema de Fato” que elegeu Entre a Luz e a Sombra um dos dez melhores documentários brasileiros do ano de 2009 e um dos dez melhores da década de 2000 a 2009.

 

O filme foi exibido no Canal Brasil, TV Brasil, TV Escola e no canal Uruguaio público TNU, além de dezenas de exibições em eventos públicos como na Comissão da Verdade da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo em 2013.

 

Luciana estudou cinema (Filmagem e Montagem) na New School for Social Research em Nova York (curso de 1 ano - 1995).

 

Participou de dois workshops de direção de atores com o cineasta cubano Humberto Solás, na Videoteca del Sur, em Nova York (1994 e 1995).

 

Escreve artigos sobre direitos humanos publicados nos portais: Carta Maior, Mercado É́tico, Sul 21 e GGN.

 

Diretora e roteirista de vídeos institucionais para diversas ongs sobre as temáticas da sustentabilidade e dos direitos reprodutivos e sexuais da mulher.

 

Diretora e roteirista do vídeo da campanha publicitária da Rede Nossa São Paulo do programa “Cidades Sustentáveis” com apresentação da atriz Letícia Sabatella e exibição na TV Globo.

 

Em junho de 2010, Luciana Burlamaqui recebeu em Paris a Medalha de Prata da Société Académique D ́Education Et D ́Encouragement pela qualidade de seu trabalho como cineasta documentarista e contribuição às artes pelo seu documentário Entre a Luz e a Sombra.

 

No gênero ficção tem dois projetos como roteirista e diretora em captação de recursos:

“Comigo” (apoio até o momento do Ibermedia e Spcine) – produção: ZORA Mídia “Teresianas” em desenvolvimento de roteiro – produção: ZORA Mídia

Mauricio Broinizi

Sócio-Produtor Executivo/Pesquisador de Conteúdo

Graduado em História e Doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo. Lecionou a disciplina de História Contemporânea, foi Chefe do Departamento de História e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em História na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1995-2011). Foi assessor e coordenador de programa do Centro Ecumênico de Documentação e Informação - CEDI (1987-1992) e diretor de projetos da Fundação Friedrich Ebert no Brasil (1992-1994). Pesquisador e membro do conselho científico do Núcleo de Estudos Estratégicos da UNICAMP (1990-2002). Exerceu a Coordenação Executiva do Programa Cidades Sustentáveis e da Rede Nossa São Paulo (2007-2016), quando representou a organização em fóruns e congressos internacionais e da ONU. Atualmente, dedica-se a projetos, pesquisas e roteiros para produtoras, institutos e fundações da sociedade civil ligados aos temas da sustentabilidade socioambiental e econômica. É autor de diversos artigos em revistas, jornais e publicações acadêmicas.